Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Combates noturnos entre Al-Qaeda e Exército iemenita deixam 26 mortos

Dezoito combatentes da Al-Qaeda e oito soldados morreram em combates noturnos no sul do Iêmen, onde o Exército mantém neste sábado sua ofensiva para retomar duas cidades em poder da rede extremista, indicaram fontes tribais e militares.

Os dezoito membros da Al-Qaïda, mortos na noite de sexta-feira para sábado em combates pelo controle da cidade de Jaar, “foram enterrados em um fábrica de armamentos”, indicou a fonte tribal.

Uma fonte militar reconheceu, por outro lado, a perda de oito soldados em combate e indicou 15 feridos, assegurando que o Exército progrediu dois quilômetros em direção a Jaar, em poder da Al-Qaeda há cerca de um ano.

A Força Aérea iemenita manteve neste sábado seus ataques aéreos, bombardeando as posições defendidas pela Al-Qaeda no oeste de Jaar, situada a cerca de dez quilômetros da de Zinjibar, capital da província de Abyan, também nas mãos da rede há um ano.

Uma fonte tribal afirmou que dois membros da Al-Qaeda, um iemenita e um somali, tinham sido mortos neste sábado em um ataque de um drone americano contra o carro em que circulavam na província de Al-Baida (centro). Nenhuma confirmação com fontes independentes pode ser obtida até o momento.

O Exército lançou no dia 12 de maio uma grande operação para tentar de retomar as cidades de Jaar e Zinjibar.

As operações deixaram até o momento 195 mortos, segundo um registro da AFP: 134 combatentes da Al-Qaeda, 31 soldados, 13 funcionários do Exército e 17 civis.

A operação permitiu limpar as imediações da cidade de Loder da presença de combatentes da Al-Qaeda e progredir em direção a Jaar e a Zinjibar, segundo fontes militares.