Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Comando político e militar se reúne após piora do estado de Chávez

Reunião é liderada pelo vice-presidente Nicolás Maduro. Na noite de segunda, comunicado informou sobre agravamento do estado de saúde do coronel

Por Da Redação 5 mar 2013, 15h07

O alto comando político e militar da Venezuela reuniu-se nesta terça-feira, no Palácio de Miraflores, em Caracas, depois do anúncio sobre o agravamento do estado de saúde de Hugo Chávez. A reunião é liderada pelo vice-presidente Nicolás Maduro. Governadores chavistas e representantes do partido governista, o Psuv, também participam do encontro.

A informação foi dada pelo canal oficial, que destacou como objetivo do encontro “definir estratégias de projetos para o desenvolvimento” do país. No entanto, a informação sobre a piora no estado de saúde do coronel aumentou as incertezas sobre a continuação de seu governo, que já dura 14 anos.

Na noite desta segunda-feira, o ministro das Comunicações, Ernesto Villegas, divulgou um novo comunicado sobre a saúde do caudilho. A informação é que Chávez sofreu uma piora em suas funções respiratórias.

O jornal ABC, da Espanha, divulgou uma reportagem nesta terça-feira levantando a hipótese de o mandatário ter sido levado novamente a Cuba na última sexta-feira, devido ao agravamento de sua condição.

O anúncio sobre a volta de Chávez a Caracas foi feito por meio de sua página no Twitter, no dia 18 de fevereiro. Ele havia passado dois meses em Havana, recuperando-se da quarta cirurgia para combater um câncer. No entanto, desde o dia 18 do mês passado, nenhuma imagem do coronel na Venezuela foi divulgada e opositores passaram a cobrar provas de que ele está vivo.

Continua após a publicidade
Publicidade