Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Com 94,8% das urnas apuradas, cai vantagem de Kuczynski sobre Keiko

Pedro Pablo Kuczynski tem 50,22% contra os 49,77% da filha do ex-presidente Alberto Fujimori. Ambos os candidatos evitam falar em vitória e aguardam os resultados finais

Por Da Redação 7 jun 2016, 07h58

A vantagem do candidato à Presidência do Peru Pedro Pablo Kuczynski sobre sua rival Keiko Fujimori caiu 0,45 pontos percentuais, já que ele tem 50,22% dos votos válidos contra 49,77% de sua oponente, com 94,8% das urnas apuradas no segundo turno das eleições. De acordo com o último boletim do Escritório Nacional de Processos Eleitorais (Enpe) emitido na noite desta segunda-feira, Kuczynski tem 8.256.138 votos contra 8.181.872 de Keiko Fujimori, o que deixa a diferença entre ambos em apenas 74.266 votos.

Antes deste último boletim, o responsável do Enpe, Mariano Cucho, explicou que já foram contabilizados quase todos os votos emitidos em território peruano e que o pequeno percentual restante corresponde, em sua maioria, aos votos procedentes do exterior. Ainda faltam apurar 3.968 atas eleitorais, enquanto há outras 1.182 atas impugnadas e pendentes de resolução por parte dos diferentes Júris Eleitorais Especiais.

Leia também

Com 90% das urnas apuradas, Kuczynski lidera eleição no Peru

Peru escolhe presidente em duelo entre Fujimori e Kuczynski

Kuczynski pediu nesta terça a seus compatriotas que esperem até amanhã para se pronunciar sobre o resultado do pleito, mas destacou que os números da apuração confirmam sua vantagem sobre Keiko. A filha do ex-presidente Alberto Fujimori pretende passar o dia reunida com seus assessores e, ao chegar ao seu comitê de campanha, disse apenas que é necessário esperar os resultados finais com “tranquilidade”.

A Justiça Eleitoral pediu aos peruanos que mantenham calma até que sejam divulgados os resultados finais e elogiou a “maturidade e o compromisso com a democracia” que mostraram eleitores, candidatos e porta-vozes de organizações políticas. Cerca de 23 milhões foram convocados às urnas no domingo para escolher o sucessor do atual presidente, Ollanta Humala. Keiko venceu o primeiro turno das eleições no último dia 10 de abril, ao obter 39,85% dos votos, contra 21,01% de Kuczynski.

(Da redação)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês