Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Com 1,3 bilhão de habitantes, Índia aprova vacina de Oxford

O país é o segundo mais afetado pela Covid-19; antígeno pode ser base da vacinação no Brasil

Por Da Redação
Atualizado em 2 jan 2021, 10h40 - Publicado em 2 jan 2021, 10h30

A Índia fez simulações de vacinas em todo país neste sábado (2) antes de lançar, talvez esta semana, uma campanha de vacinação em massa contra o coronavírus neste país de 1,3 bilhão de habitantes.

Uma comissão do governo recomendou, na sexta-feira, o uso da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela AstraZeneca. As primeiras doses podem chegar esta semana, depois do sinal verde final dado pela autoridade indiana do setor de medicamentos.

A Índia é o segundo país do mundo mais afetado pelo coronavírus depois dos Estados Unido, o que fez o governo traçar a ambiciosa meta de vacinar até 300 milhões de pessoas até meados de 2021.O país acumula 149.218 mortes e 10,3 milhões de casos de contágio.

O Serum Institute of India, o maior produtor mundial de vacinas, já estocou dezenas de milhares de doses da vacina desenvolvida pela AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. Cerca de 96.000 profissionais de saúde foram treinados para inoculá-la.

Continua após a publicidade

No treinamento deste sábado, os profissionais de saúde praticaram a aplicação do imunizante em manequins, em centros especialmente habilitados para a campanha de vacinação que será lançada em breve em todo país.

Reino Unido e Argentina foram os primeiros países a autorizarem a vacina AstraZeneca/Oxford. O governo brasileiro também negocia para ter o antígeno como base de sua campanha de vacinação.

(Com AFP)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.