Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Coliseu e Pompeia são fechados em meio a disputa sindical na Itália

Sindicatos se reuniram para debater a falta de funcionários e supostos atrasos nos pagamentos

A antiga cidade de Pompeia, na Itália, ficou interditada ao público na manhã desta sexta-feira e o Coliseu de Roma foi fechado temporariamente no dia anterior em meio a uma disputa acalorada entre o Ministério da Cultura da Itália e funcionários do setor. Os turistas que esperavam ver a antiga cidade preservada pelas cinzas vulcânicas ou o anfiteatro onde gladiadores lutaram – dois dos sítios arqueológicos italianos mais populares – tiveram que esperar do lado de fora enquanto sindicatos se reuniram para debater a falta de funcionários e supostos atrasos nos pagamentos.

O ministro da Cultura, Dario Franceschini, iniciou uma reorganização na pasta que, segundo ele, irá torná-la mais moderna e eficiente, mas os sindicatos afirmam que isso criará confusão sem resolver o problema da falta de recursos.

LEIA TAMBÉM:

Jarro de 3.000 anos com nome de personagem bíblico é encontrado

Unesco: EI saqueia sítios arqueológicos em ‘escala industrial’

Paris: furtos provocam fechamento da Torre Eiffel

EI destrói dois templos da cidade histórica de Palmira

Fotos: As ruínas romanas que estão ameaçadas pelos jihadistas em Palmira

“As dificuldades estão aumentando em toda parte, com problemas endêmicos cada vez piores, uma falta de recursos e uma carência grave de funcionários que se tornam ainda mais intoleráveis pelo caos que vem na esteira da reorganização”, declarou o sindicato de coordenação de ativos e atividades nacionais da Itália em um comunicado. Os dois sítios reabriram depois de algumas horas, quando as reuniões sindicais terminaram.

(Com Agência Reuters)