Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Colisão entre ônibus e caminhão deixa 43 mortos no México

Pelo menos 43 pessoas morrreram e 20 ficaram feridas em uma grave colisão entre um trailer e um ônibus de passageiros registrado na madrugada desta sexta-feira em uma estrada no estado de Veracruz (leste do México), informou o governo do estado de Veracruz.

O acidente aconteceu por volta das 04h30 local (06h30 no horário de Brasília) na estrada Álamo Potrero, quando o caminhão colidiu com um ônibus de passageiros da linha Bútron que viajava de Coatzacoalcos (Veracruz) para o estado de Coahuila, informou a Defesa Civil em um comunicado.

Os passageiros do ônibus envolvido no acidente eram, aparentemente, trabalhadores rurais que faziam este percurso diariamente, segundo informações do jornal Diario del Golfo, que cita testemunhas.

Unidades da polícia e dos bombeiros continuam no local do acidente e trabalham no resgate dos corpos, conclui o texto.

“O primeiro relatório que recebemos, mas que ainda precisa ser confirmado com os peritos, é que a plataforma do caminhão caiu e bateu no ônibus. Esperamos ter mais detalhes da perícia durante o dia”, disse à Rádio W, Gina Domínguez, porta-voz do governo do Estado de Veracruz.

Os feridos foram transportados em ambulâncias para hospitais localizados na costa do Golfo do México, na cidade de Tuxpan, a mais próxima do local do acidente.

O subsecretário de Governo de Veracruz, Tomás Carrillo, pediu a colaboração das forças federais para coordenar os trabalhos nas áreas de relevo da estrada.

Na semana passada, em um acidente parecido, um ônibus que transportava estudantes da Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM) foi atingido por uma plataforma que caiu de um caminhão. Pelo menos seis pessoas morreram no acidente que aconteceu em uma estrada no centro do México.

Outro grave acidente no México, ocorrido no dia 5 de abril, matou 14 trabalhadores de canaviais e feriu outros nove quando o caminhão em que viajavam se acidentou no estado de Jalisco (oeste).

Os acidentes de trânsito são a principal causa de mortes violentas no México. De acordo com um relatório das companhias de seguros, a cada ano cerca de 24.000 pessoas morrem em acidentes nas estradas, um número que excede as mortes atribuídas à luta contra o tráfico de drogas.