Clique e assine a partir de 9,90/mês

Colisão entre dois ônibus deixa pelo menos 60 mortos em Gana

Motorista de um dos veículos estava sonolento; 28 pessoas continuam internadas, das quais sete em condições críticas, no maior acidente em vias do país

Por Da Redação - Atualizado em 22 mar 2019, 14h32 - Publicado em 22 mar 2019, 13h43

Pelo menos 60 pessoas morreram depois de uma colisão entre dois ônibus em Gana, no acidente mais letal já registrado nas estradas do país. Segundo a polícia, o choque aconteceu na madrugada desta segunda-feira 18,  na região de Bono East, a cerca de 430 quilômetros da capital ganesa Accra.

“Os veículos viajavam em direções opostas quando o acidente aconteceu”, informou Joseph Antwi Gywau, comandante da polícia rodoviária. “A morte de pelo menos 60 pessoas já foi confirmada, e um dos ônibus pegou fogo, enquanto o outro foi destruído (pela colisão).”

Cada um dos coletivos levava 50 passageiros no momento da colisão. Os serviços de emergência, que incluíam bombeiros, chegaram rapidamente à cena. Kwame Arhin, um dos médicos do hospital de Kintampo, cidades mais próxima ao local do acidente, disse que 28 feridos foram internados, a maioria com ferimentos na cabeça e fraturas múltiplas. Sete deles estão em situação crítica.

As causas do acidente ainda não foram definidas, mas a mídia local relata que um dos motoristas perdeu o controle do ônibus depois de dormir ao volante. “Alguns dos sobreviventes contam que o condutor estava apresentando sinais de sonolência durante a noite e que pediram para que estacionasse o veículo, mas que ele se recusou”, contou o comandante dos bombeiros Ankomah Twene à rede de televisão TV3.

Continua após a publicidade

“Estava dormindo quando ouvi um barulho muito alto. Nós conseguimos quebrar o vidro, mas apenas alguns de nós, cerca de 10 pessoas, conseguiram se mover”, disse Rose Anane, passageira de um dos ônibus. “Em questão de segundos o veículo começou a pegar fogo com os outros ainda presos dentro. Nós só pudemos assistir enquanto o fogo os consumia.”

Colisões são comuns nas rodovias em Gana por causa da manutenção precária, das leis de trânsito brandas e pouco aplicadas e da situação irregular de vários dos veículos em circulação. Pelo menos seis pessoas morrem em acidentes viários todos os dias no país, de acordo com a polícia do Diretório de Tráfego e Transporte Viário de Gana.

Em fevereiro de 2016, 70 pessoas morreram e outras 13 ficaram feridas quando dois ônibus colidiram na mesma região que o acidente de hoje. Em julho de 2017, jogadores de um dos principais clubes de futebol de Gana, o Asante Kotoko, também foram vítimas de uma batida em que seu ônibus se chocou contra o vagão de um trem, deixando dois mortos.

(Com AFP)

Publicidade