Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cinco grupos de oposição sírios criam coalizão alternativa ao CNS

Cinco grupos de oposição sírios anunciaram neste sábado em Istambul a criação de uma nova coalizão, independente do Conselho Nacional Sírio (CNS), confirmando as dificuldades da oposição ao presidente Bashar al-Assad a formar uma frente unida.

O Movimiento Nacional pela Mudança (MNM, liberal), o Movimento para a Pátria (islamita), o Bloco para a Libertação e o Desenvolvimento (dirigido por Nawaf al-Bashir, líder de uma influente tribo síria), o Bloco Nacional Turcomano e o Movimento por uma Nova Vida (curdo) são os fundadores desta nova organização sem nome e com contornos bastante imprecisos.

O “mapa do caminho político” assinado neste sábado pelos dirigentes destes grupos afirma que “servir à pátria vem à frente dos interesses partidários” e pede o “respeito de todas as cores políticas”. Também prevê a constituição de um gabinete político.

“Esta coalizão não foi criada em oposição a nenhuma organização, exceto o regime de Assad. Pretende reunir a oposição que está fora do CNS”, afirmou o líder do MNM, Amar al-Qurabi.

“Consideramos o CNS uma estrutura temporária que será dissolvida com o tempo. Nossa coalizão é uma entidade mais duradoura, que permanecerá depois da libertação da Síria”, declarou Imamdudin al-Rashid, do Movimento pela Pátria.

Os membros da coalizão criticam o CNS pela falta de eficiência para organizar a defesa armada da população síria.