Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Choque entre dois trens deixa 60 feridos e 20 em estado grave

Por Da Redação 21 abr 2012, 19h30

Cerca de 60 pessoas ficaram feridas neste sábado, incluindo 20 “em estado grave”, numa colisão frontal entre dois trens no subúrbio de Amsterdã, informou a Polícia Ferroviária holandesa. “Há cerca de 60 feridos, sendo entre 15 e 20 em estado grave, mas não posso dar um número mais preciso no momento”, declarou à AFP Ed Kraszewski, porta-voz da Polícia Ferroviária.

Um oficial do Corpo de Bombeiros da capital falou em 56 gravemente feridos e outros 10, levemente. Às 18h30 (13h30, em Brasília), um trem-bala e um trem comum se chocaram de frente, num subúrbio da zona oeste de Amsterdã, indicou Babet Verstappen, porta-voz da ProRail, a administradora das estradas de ferro holandesas. O impacto foi mitigado pelo fato de os dois veículos estarem em velocidade baixa, de aproximadamente 50 quilômetros por hora.

Os serviços de socorro prosseguem no local para ajudar os feridos, informou a ProRail, acrescentando que o primeiro comboio se dirigia a Uitgeest (oeste) e o outro seguia em direção a Nimègue (leste). A colisão foi registrada num ponto entre a estação central e a de Amsterdã Sloterdijk.

O pessoal da Emergência tratava alguns feridos no local, numa ponte entre Sloterdijk e a Estação Central de Amsterdã. Os casos mais graves foram levados a hospitais e muitos tiveram ossos quebrados e contusões, segundo a agência de notícias ANP.

No início da noite, todos tinham sido retirados dos trens, confirmou o representante da polícia Kraszewski. O tráfego ferroviário do oeste da capital, incluindo o da estação central para o aeroporto Amsterdã-Schiphol foi interrompido.

O pior desastre de trem na Holanda aconteceu no dia 8 de janeiro de 1962, quando duas composições de passageiros se chocaram em Harmelen, perto da cidade de Utrecht, matando 93 pessoas e ferindo 52.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade