Clique e assine a partir de 9,90/mês

China promete levantar novo hospital em Wuhan em menos de 10 dias

Vídeo expõe precariedade do atendimento a enfermos no Hospital da Cruz Vermelha em Wuhan

Por Da Redação - 24 jan 2020, 18h40

O governo da China começou a construir um novo hospital em Wuhan, epicentro do surto da nova mutação do coronavírus (2019-nCoV), com capacidade para atender a 1.000 pacientes. A mídia estatal afirma que o hospital estará pronto para ser inaugurado no dia 3 de fevereiro, daqui a 10 dias.

Segundo o jornal britânico The Guardian, pelo menos 45 máquinas retroescavadeiras chegaram em Wuhan durante a noite de quinta-feira 23. Imagem aérea da agência STR mostrou todas já no trabalho de preparação do terreno nesta sexta-feira, 24.

Na região de Wuhan, 897 pessoas foram contaminadas até esta sexta-feira, das quais 26 morreram. 

Continua após a publicidade

O complexo hospitalar será construído por meio de edifícios pré-fabricados, para acelerar e baratear o projeto, como o governo chinês fez durante o surto da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), em 2003. Naquele caso, o hospital de Xiaotangshan, nas proximidades de Pequim, foi levantado em apenas sete dias.

O objetivo da construção é “responder à insuficiência dos recursos médicos existentes”, disseram autoridades de Wuhan nesta sexta-feira, 24. Sobrecarregados, pelo menos oito hospitais da cidade teriam pedido publicamente por doações de materiais e equipamentos hospitalares, como máscaras.

Uma enfermeira no Hospital da Cruz Vermelha em Wuhan publicou um vídeo nas redes sociais expondo condições precárias da instalação, com pacientes mortos nos corredores. A Cruz Vermelha não se pronunciou sobre o vídeo.

Continua após a publicidade
Publicidade