Clique e assine a partir de 9,90/mês

China pediu à Coreia do Norte que suspenda testes nucleares

Segundo o Secretário dos EUA Rex Tillerson, os chineses ameaçaram impor sanções à Pyongyang

Por Da redação - Atualizado em 30 jul 2020, 20h46 - Publicado em 28 abr 2017, 16h59

O Secretário de Estado dos Estados Unidos, Rex Tillerson, disse que a China ameaçou impor sanções à Coreia do Norte se Pyongyang voltar a conduzir testes nucleares. “Sabemos que a China está em contato com o regime em Pyongyang,”, afirmou Tillerson à Fox News Channel. “Eles confirmaram para nós que pediram ao regime para não realizar mais testes nucleares.”

Nas últimas semanas, o governo do presidente Donald Trump tem declarado que todas as opções, inclusive um possível ataque militar, estão em aberto para evitar que a Coreia do Norte leve adiante ameaças contra os EUA e seus aliados na região da Península Coreana.

“Há uma chance de acabarmos tendo um grande, grande conflito com a Coreia do Norte. Com certeza”, afirmou Trump à agência Reuters em conversa no Salão Oval da Casa Branca nesta quinta-feira.

A escalada de tensões entre EUA e Coreia do Norte nas últimas semanas incluiu as constantes bravatas do ditador norte-coreano, um teste fracassado de míssil de Pyongyang e o envio de um porta-aviões e um submarino nuclear da Marinha americana para a região. Os EUA também realizam exercícios conjuntos com a Coreia do Sul e prometem instalar em breve um sistema de defesa antimísseis. Em resposta, Kim Jong-un garantiu que pode atacar Seul e Washington sem aviso prévio.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade