Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

China “fará de tudo” para diminuir a guerra russa, diz embaixador nos EUA

Qin Wang, embaixador nos EUA, disse em entrevista que a China acredita que negociações de paz funcionam melhor que condenações para parar conflito

Por Larissa Quintino Atualizado em 20 mar 2022, 15h25 - Publicado em 20 mar 2022, 15h24

O embaixador na China nos Eastados Unidos, Qin Gang, afirmou que seu país “fará tudo” para tentar diminuir a tensão e o conflito militar entre Rússia e Ucrânia, e que o relacionamento da China com a Rússia “não faz parte do problema” que levou a guerra.

“Há desinformação sobre a China fornecer assistência militar à Rússia”, disse Qin em entrevista a rede de TV americana CBS.  Segundo ele, a China não está enviando “armas e munições para nenhum partido”. “Faremos de tudo para diminuir a crise”, afirmou.

Segundo o embaixador, embora a China tenha “muitos interesses comuns” com a Rússia, isso “não é um passivo”, disse Qin. “A China é parte da solução, não é parte do problema.” Ele citou o telefonema de Xi com Putin logo após a invasão russa em fevereiro, durante o qual a China disse que seu líder instou Putin a negociar com a Ucrânia.

As declarações de Qin vão na linha do recado que Biden mandou ao presidente chinês Xi Jinping. Em conversa na última sexta-feira, Biden disse a seu colega que haveria “implicações e consequências” caso a China apoie a invasão da Ucrânia pela Rússia. Após um primeiro momento de se abster sobre a questão da guerra, a China vem se movimentando para tentar equilibrar as relações entre os Russos e os Estados Unidos, enquanto Biden intensifica a pressão sobre Putin.

Questionado se a China condenaria a invasão russa, Qin foi enfático. “A condenação não resolve o problema. Eu ficaria surpreso se a Rússia recuasse com a condenação.” Em vez disso, ele afirma que  a China continuará a exigir negociações de paz, disse ele.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)