Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

China e Coreia do Sul oferecem ajuda para buscar avião

Buscas foram retomadas nesta segunda-feira. Governo da Indonésia admitiu que o Airbus 320 provavelmente caiu no mar com 162 pessoas a bordo

Por Da Redação 29 dez 2014, 07h12

Os governos da China e Coreia ofereceram nesta segunda-feira ajuda para localizar o do Airbus 320 da companhia AirAsia, desaparecido no domingo quando viajava de Surabaia, na Indonésia, a Singapura com 162 pessoas a bordo. Os chineses ofereceram o envio “com caráter de urgência” de aviões e navios para colaborar na busca. Horas depois, a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Hua Chunying, ressaltou em entrevista coletiva que a Indonésia ainda não respondeu à oferta da China, que foi um dos principais países a se comprometer na busca do avião da Malaysia Airlines que desapareceu em março com 239 passageiros quando voava entre Kuala Lumpur e Pequim.

A Coreia do Sul anunciou que enviará um avião para colaborar nas operações de busca do avião da AirAsia. Entre os passageiros havia três cidadãos sul-coreanos. A Coreia do Sul está discutindo atualmente com os outros seis países que colaboram nas operações de busca e resgate para decidir que modelo de avião fornecerá, e prevê enviá-lo entre hoje e terça-feira, segundo disse um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores.

Leia também

Vice-presidente da Indonésia diz que avião desaparecido provavelmente sofreu acidente

foram retomadas hoje

Além da Indonésia, Coreia do Sul e China, Singapura, Malásia e Austrália participam das operações de busca com ao menos doze embarcações, cinco aviões e três helicópteros. Dezenas de pescadores da região também cooperam nos trabalhos. Outras nações, como Estados Unidos, Índia e Grã-Bretanha também ofereceram ajuda.

(Com agências Reuters, France-Presse e EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade