Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chávez tem, no máximo, um ano de vida, diz jornal espanhol

Ditador cancelou segunda rodada de quimioterapia para seguir com sua agenda

O ditador da Venezuela, Hugo Chávez, tem entre nove meses e um ano de vida caso não interrompa sua agenda para fazer um tratamento adequado contra a câncer de próstata que enfrenta, informou nesta terça-feira o jornal espanhol ABC. Chávez deveria ter se tratado em Moscou em novembro, mas resolveu cancelar a nova fase da quimioterapia para não ter de se afastar do poder. Reportagem publicada por VEJA em novembro do ano passado, já informava que a saúde do caudilho estava se deteriorando rápido.

Segundo o ABC, que cita informações confidenciais obtidas junto aos Serviços de Inteligência, o caudilho optou por um tratamento que o mantenha vivo até as eleições de 2012 em vez de um que aumentaria suas chances de vida. Chávez tem tomado uma dose maior de analgésicos e calmantes, o que explica a sua agitada agenda política.

Leia também:

Leia também: Quem pode ser o sucessor de Chávez? Há dez candidatos

Depois que os médicos descobriram metástases pelos ossos e no cólon, sem alcançar os resultados esperados da primeira rodada de quimioterapia realizada em julho, a recomendação foi submetê-lo a uma segunda sessão imediatamente. Chávez, porém, negou-se a passar pelo procedimento de novo para não ter de se afastar do governo e viajar a Cuba. Isso obirgou os médicos russos que o atendem a viajar até Caracas, onde fazem o acompanhamento da doença.