Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chávez suspende racionamento de energia em Caracas

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, ordenou a suspensão do racionamento de energia elétrica em Caracas, na noite de quarta-feira, por considerar que a medida teve “efeitos não desejados”. Ele assumiu a culpa por “decisões mal tomadas”.

“Percebi que houve impactos não desejados nos cortes programados. Eu quero dizer ao povo que apenas em Caracas ordenei a suspensão dos cortes elétricos”, disse Chávez, em uma entrevista por telefone ao canal estatal VTV.

O presidente anunciou a decisão poucos minutos antes da meia-noite, quando teve início um dos cortes de energia. “O governo tem que ser capaz de reconhecer os erros e retificar a tempo. Foram cometidos erros a nível técnico, decisões mal tomadas e, portanto, eu responsavelmente ante o país assumo a decisão”, destacou.

Chávez também anunciou que pediu a demissão do recém-nomeado ministro da Energia, Angel Rodríguez. Os cortes programados no serviço, que segundo Chávez vão prosseguir no restante do país, seriam de no máximo quatro horas por dia e seriam aplicados por zonas uma vez a cada dois dias e em horários diferentes do dia e da noite.

(Com agência France-Presse)