Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Chávez critica sanções americanas a países que receberam Ahmadinejad

Por Da Redação 15 jan 2012, 16h58

Caracas, 15 jan (EFE).- O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse neste domingo que considerou um absurdo a possibilidade dos países que receberam o líder do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, sofrerem sanções dos Estados Unidos.

‘É a mesma absurda e histórica pretensão dos EUA, de achar que seguirá regendo os destinos da Venezuela, do Equador, de Cuba e da América Latina’, afirmou Chávez ao canal estatal ‘Venezolana de Televisión’.

O comentário foi feito em resposta às declarações da porta-voz do Departamento de Estado de EUA, Victoria Nuland, feitas após a viagem do presidente do Irã a Venezuela, Nicarágua, Cuba e Equador.

Nuland disse que os países que receberam o líder árabe, dependendo do que discutiram a portas fechadas, poderiam sofrer novas sanções por parte dos Estados Unidos

‘Se essas nações foram comprar mais petróleo do Irã e recorrer mais aos seus bancos, então obviamente estão mais vulneráveis às sanções americanas’, afirmou a funcionária.

A visita de Ahmadinejad pela América Latina aconteceu em meio ao aumento das tensões no Golfo Pérsico pelas manobras militares iranianas e o aumento da presença naval dos Estados Unidos na região.

Os países ocidentais acusam o Irã de manter um programa nuclear com fins militares, apesar das negativas de Teerã. A Venezuela é um dos principais aliados do país árabe no continente americano. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade