Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Chávez chama de ‘mentirosa’ reportagem sobre suposto terrorismo contra EUA

Ditador desqualifica documentário que relaciona planos de ataque a alvos americanos com o governo de seu país

Por Da Redação 13 dez 2011, 00h01

O ditador venezuelano Hugo Chávez rotulou nesta segunda-feira de ‘mentirosa’ uma reportagem divulgada pela emissora americana ‘Univisión’ sobre supostos planos terroristas do Irã contra os Estados Unidos, nos quais estariam envolvidos venezuelanos e cubanos.

“Até hoje estavam lançando programas nas emissoras dos Estados Unidos dizendo que agora a Venezuela, o governo venezuelano, está planejando, como disseram, atos terroristas, junto com terroristas iranianos para atacar os Estados Unido”, disse em um ato público transmitido pela televisão estatal. “A mentira é utilizada como desculpa para nos agredir. É preciso ficar atento a isso.”

A ‘Univisión’ transmitiu na semana passada o documentário ‘A ameaça iraniana’, sobre um suposto planejamento em 2006 para atacar os sistemas de várias usinas nucleares americanas, além de Casa Branca, FBI e CIA. Alguns dos entrevistados disseram que as embaixadas de Irã, Cuba e Venezuela teriam participado dos planos.

Vários líderes do Congresso dos EUA pediram na última sexta-feira que seja investigada a cônsul geral da Venezuela em Miami (Flórida), Livia Antonieta Acosta, por seu suposto vínculo com um possível ataque virtual nos Estados Unidos, no qual estariam implicados agentes de Irã, Cuba e Venezuela.

(com Agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade