Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Centenas vão a funeral de padre francês morto por jihadistas

Muitas pessoas não conseguiram entrar na igreja e assistiram às homenagens através de um telão

Quase duas mil pessoas compareceram nesta terça-feira ao velório do padre francês Jacques Hamel, morto por uma dupla de terroristas motivados pelo Estado Islâmico (EI), há uma semana. A cerimônia aconteceu na catedral da cidade de Rouen e contou com a presenças de líderes políticos e religiosos, inclusive muçulmanos. Devido ao grande número de pessoas que foi prestar homenagem ao padre, muitas acabaram ficando do lado de fora da igreja e assistiram à cerimônia em um telão, na chuva.

Leia também:
Terrorista que matou padre na França sorriu e falou sobre paz
Premiê francês admite fracasso da Justiça após ataque em igreja
Segundo terrorista de ataque à igreja era fichado pela polícia

Hamel tinha 86 anos e foi degolado pelos jihadistas Adel Kermiche e Abdel Malik Petitjean, ambos de 19 anos, após os jovens invadirem à igreja em que o padre rezava uma missa. Quando uma freira conseguiu fugir do local e avisar às autoridades, os terroristas foram mortos pela polícia.