Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Casal da lista de criminosos mais procurados dos EUA é preso no Arizona

Blane e Susan mataram idoso, fugiram quando transportados para prisão, roubaram caminhonete e se esconderam na zona rural

Foragidos desde 27 de agosto, Blane e Susan Barksdale foram preso no estado americano do Arizona depois de terem figurado na lista de criminosos mais procurados dos Estados Unidos, informou o Escritório do Xerife do Condado de Navajo nesta quinta-feira, 12. O casal é acusado de matar Frank Bligh, de 72 anos, que fora dado como desaparecido desde abril.

Blane, de 56 anos, e Susan, de 59, estavam escondidos em uma localidade chamada Cuenca del Tonto, próxima da reserva indígena Forte Apache. Ele haviam sido presos pela morte de Bligh, mas fugiram quando eram transportados para a prisão, em Tucson, há duas semanas. Depois, roubaram uma caminhonete e partiram para a zona rural do Arizona.

A operação de perseguição envolveu o Serviço de Delegados dos Estados Unidos. Na última segunda-feira 9, os dois foram incluídos na lista de 15 pessoas mais procuradas no país, com recompensa de 25.000 pela captura de ambos.

Blane tem antecedentes criminais: passou oito anos em prisões do Arizona por roubo e posse de drogas, dez  anos em presídio no Kentucky, por porte de maconha, e traz suásticas nazistas tatuadas no corpo. Depois de libertado de sua segunda condenação, em dezembro de 2013, ele se casou com Susan.

A fuga do casal de criminosos provocou mudanças no sistema de segurança do condado de Pima, onde está a cidade de Tucson. A empresa de transporte Security Transport Services não será utilizada, enquanto o caso é avaliado pelas autoridades, pelo menos.

(Com EFE)