Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Casal Clinton arrecadou mais de US$ 1 bilhão em duas décadas

Segundo o 'Wall Street Journal', capacidade de arrecadação do casal Clinton é uma vantagem e tanto caso Hillary seja candidata à Presidência dos EUA

Bill e Hillary Clinton arrecadaram mais de 1 bilhão de dólares (2,2 bilhões de reais) durante a vida política nas últimas duas décadas, uma grande vantagem para a ex-secretária de Estado se ela desejar disputar a Casa Branca em 2016, informa o Wall Street Journal (WSJ). O casal conseguiu arrecadar a quantia graças a “campanhas, palestras pagas e uma rede de organizações que promovem suas metas”, destaca o jornal. “Os laços profundos garantem a Sra. Clinton uma vantagem financeira para as eleições presidenciais de 2016, caso decida se candidatar, e pode levar doadores da indústria para o Partido Democrata pela primeira vez desde que o Sr. Clinton deixou a Casa Branca”.

Os republicanos podem alcançar cifras similares, mas temem que Clinton e sua provável indicação como candidata democrata a levem a liderar a arrecadação “na próxima disputa presidencial, que deve superar os dois bilhões de dólares gastos em 2012”, completa o jornal. “Clinton Inc. será a operação de arrecadação mais formidável dos democratas na história do país”, afirmou Rick Hohlt, lobista e arrecadador para os candidatos republicanos. “Claro que preocupa”, admitiu.

Leia também

Katy Perry se dispõe a compor jingle para Hillary Clinton

Hillary diz que sua família saiu ‘falida’ da Casa Branca

Obama diz que Hillary seria presidente ‘muito eficiente’

No total, os Clinton arrecadaram mais de dois bilhões de dólares, incluindo doadores privados, contribuintes corporativos e governos estrangeiros, segundo o WSJ. Entre 1,3 e dois bilhões são procedentes exclusivamente do setor industrial. Sobre a fortuna pessoal, Hillary afirmou ao canal ABC durante uma viagem para promover seu livro “Hard Choices” (Escolhas Difíceis, ainda sem tradução no Brasil) que a família deixou a Casa Branca “não apenas quebrada, mas com dívidas”. “Não tínhamos dinheiro quando saímos e lutamos para juntar dinheiro para as hipotecas, as casas, para a educação de Chelsea [filha do casal]. Sabe, não foi fácil”, disse.

Mais tarde, criticada por ter exagerado em suas declarações, ela afirmou que a escolha das palavras não foi inteligente e insistiu que seus registros falam por conta própria. O Wall Street Journal afirma que a fortuna dos Clinton aumentou nos últimos anos. “Ao fim de 2012, os Clinton possuíam entre cinco e 25,5 milhões de dólares (entre 11,5 e 55,2 milhões de dólares), segundo os registros financeiros oficiais mais recentes, divulgados quando Hillary Clinton era secretária de Estado. Dados precisos não são exigidos pelo governo”, completa o jornal.