Clique e assine a partir de 9,90/mês

Casal chinês leiloa a filha para comprar um iPhone

Pais teriam alegado que queriam garantir um futuro melhor para o bebê

Por Da Redação - 18 out 2013, 20h45

Um casal de Xangai leiloou a filha para conseguir o dinheiro necessário para a compra de um celular iPhone e outros artigos. Segundo o jornal britânico The Telegraph, que citou um jornal oficial local, o casal teria começado a postar anúncios sobre o bebê em junho deste ano. Na transação, eles teriam conseguido levantar cerca de 50 000 yuan (quase 18 mil reais).

Leia também:

Em zoológico chinês, cachorro se passa por leão

Os dois foram identificados apenas como Sr. Teng e Sra. Zhang. O casal tem outros dois filhos e a terceira gravidez ocorreu “por acidente”, segundo a imprensa chinesa. Os relatos são de que a mulher tentou esconder a gravidez e que o parto foi feito em casa.

Descoberto pelas autoridades chinesas, o casal afirmou à promotoria que agiu desta forma para garantir uma qualidade de vida melhor para a filha. A intenção dos pais seria arrumar uma família financeiramente estável que poderia fornecer educação à criança. “Nós não demos nosso bebê em troca de dinheiro, mas, sim, para garantir mais segurança a ela”, disseram. Os dois devem responder a acusações de tráfico humano.

A promotoria afirmou que os registros financeiros do casal indicam que um cartão de crédito foi usado após a venda da criança para fazer várias compras na internet. Entre os itens adquiridos estava o aparelho celular e um par de tênis de corrida.

Em 2011, um jovem chinês de 17 anos vendeu um rim para poder comprar um iPhone e um iPad. Ele recebeu cerca de 8 mil reais, mas sofreu insuficiência renal depois da cirurgia, quando revelou para a mãe o que havia feito. Sete pessoas foram presas depois do episódio, incluindo o cirurgião que retirou o órgão.

Continua após a publicidade
Publicidade