Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Casal chinês é detido por enterrar mulher viva após atropelá-la

Por Da Redação 24 Maio 2012, 06h55

Pequim, 24 mai (EFE).- Um jovem casal chinês foi detido por supostamente ter enterrado viva uma mulher de 68 anos à qual tinham atropelado com seu carro na província de Zhejiang, leste da China, publica nesta quinta-feira o jornal oficial ‘China Daily’.

Segundo as investigações em curso, o fato aconteceu na manhã do dia 30 de abril, quando um dos jovens, ambos de 25 anos, dirigia em estado ébrio quando voltavam para casa após passar a noite em um karaokê, e atropelou a mulher, natural da província de Anhui (centro leste).

Não se especifica se quem dirigia era o homem ou a mulher.

Um testemunha que se aproximou do local do acidente ao escutar prantos confirmou que o casal colocou a mulher no veículo ‘para levá-la a um hospital’, segundo o oficial de Polícia Song, encarregado do caso, citado pelo jornal.

No entanto, posteriormente trabalhadores de uma construção alertaram as autoridades sobre a presença de um carro abandonado sem placa perto de seu trabalho, com uma forte pancada no parabrisas, e um dia depois, de um corpo enterrado achado a 300 metros do citado veículo.

Especialistas médicos citados pelo diário certificaram que a mulher continuava viva quando foi enterrada devido às partículas de terra que foram encontradas em seus pulmões, apesar de a Polícia não ter encerrado o caso à espera do relatório legista definitivo.

A Polícia deteve no começo de maio na província de Ghizou (oeste) o casal, que poderia ser acusado de homicídio proposital se for confirmado que a mulher continuava viva quando foi enterrada.

O oficial policial encarregado do caso estimou que o casal atuou dessa maneira por ‘medo’ de serem condenados por dirigirem bêbados e ao crer que a mulher tinha morrido no caminho do hospital. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade