Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Casa onde Hitler nasceu será demolida para evitar neonazistas

A casa de três andares em Braunau am Inn, na Áustria, é alugada pelo governo austríaco desde 1972 e a proprietária se recusava a vender o prédio

A casa onde Adolf Hitler nasceu, no município de Braunau am Inn, na Áustria, será demolida para evitar a atração de neonazistas como ponto de adoração. O futuro do antigo prédio foi amplamente discutido, mas o ministro do Interior, Wolfgang Sobotka, afirmou que um comitê de especialistas decidiu pela demolição, informou o jornal austríaco Die Presse.

“As fundações podem permanecer, mas um novo prédio será construído no local”, explicou Sobotka. “Será usado por uma instituição de caridade ou pelas autoridades locais”, acrescentou. A propriedade é motivo de uma longa briga judicial entre a dona, Gerlinde Pommer, e o governo austríaco, que aluga o imóvel desde 1972 para evitar o uso indevido do local – o aluguel rende 4.800 euros (cerca de 16.800 reais) mensais à proprietária.

Aposentada, Pommer se recusou diversas vezes a vender a construção de três andares para o governo. O local costumava ser usado pelas autoridades como um centro para pessoas com deficiência, porém, ficou inviabilizado há cinco anos por falta de manutenção. A proprietária se recusa a permitir reformas e, por isso, o governo desistiu de ocupar o imóvel.

De acordo com um porta-voz do Ministério do Interior, a emenda que obriga a demolição do edifício ainda precisa ser aprovada pelo Parlamento. “Mas agora há uma perspectiva clara sobre o futuro do prédio”, afirmou Karl-Heinz Grundboeck. O tema é motivo de debate entre os 17.000 residentes da cidade, já que alguns defendem que a casa deveria ser transformada em um centro para refugiados ou em um museu sobre a libertação da Áustria após o nazismo.

Hitler nasceu em quarto alugado no piso superior da casa em Braunau am Inn, próxima à fronteira entre a Alemanha e Áustria, em 20 de abril de 1889. Durante o comando nazista, o local foi transformado em um “santuário” para Hitler e a cidade atraía milhares de turistas. Apesar de esforços das autoridades para impedir a atração de neonazistas, moradores afirmaram que o local ainda recebe adoradores do Hitler vindos de toda parte da Europa.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Micky Oliver

    Demolir? Que palhaçada!

    Curtir

  2. Por que demolir? Não podemos apagar a história! Holocaustos houve vários e os não judeus não foram apagados!!!

    Curtir

  3. Marcos Binelli

    Deveriam fazer um Museu sobre o Holocausto no lugar…demolir é tentar apagar a História….Inconcebível….

    Curtir

  4. Felipe Atoline

    Mais uma vítima inocente da barbárie nazista. O infeliz ficou pouco tempo ali, o prédio nem da família dele era, demolir para quê?

    Curtir

  5. Cesar8002UTB

    A casa não tem nada a ver com a estória e vai pagar o pato.

    Curtir