Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Casa de prefeito opositor venezuelano é assaltada e pichada

O prefeito do município venezuelano de El Hatillo, o político opositor David Smolansky, denunciou nesta segunda-feira que sua residência foi assaltada na noite de domingo por desconhecidos que fugiram com alguns pertences e picharam as paredes com insultos antissemitas. El Hatillo é uma cidade de 70.000 habitantes que fica na região metropolitana de Caracas.

“Atacaram minha casa, levaram meus dois tablets e dois laptops de trabalho. Também deixaram palavras antissemitas, como ‘sionista de merda’ nas paredes”, escreveu o prefeito na rede social Twitter. Smolansky contou que a polícia investiga o assalto, mas ainda não tem pistas. Ele acrescentou que “é filho de uma mãe católica e um pai judeu”, que sempre lhe “ensinaram a tolerância”.

Leia também

Lei da anistia para presos políticos avança na Venezuela

Venezuela: Maior produtor de alimentos fecha fábricas e diz que não há matéria-prima

Maduro reconhece corrupção em órgãos públicos da Venezuela

“Cresci escutando meus avôs e meu pai, que são judeus, falando sobre como na Alemanha nazista marcaram casas e locais comerciais dos judeus”, explicou. O prefeito rotulou o ataque de “covarde” e descartou que por isso negará suas “raízes judias”.

(Com agência EFE)