Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Casa Branca dá ‘boas-vindas’ à ajuda europeia aos bancos espanhóis

Por Da Redação 11 jun 2012, 16h35

Washington, 11 jun (EFE).- A Casa Branca deu nesta segunda-feira as boas-vindas à decisão do Eurogrupo de conceder à Espanha um empréstimo de até 100 bilhões de euros para recapitalizar seu setor financeiro, ao reiterar que a crise na zona do euro continua a ser um motivo de preocupação para os Estados Unidos.

‘Damos as boas-vindas’ a essa decisão, disse em sua entrevista coletiva diária o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, que lembrou a declaração feita ontem pelo secretário do Tesouro, Timothy Geithner.

Nessa declaração, Geithner avaliou a decisão da Espanha de recapitalizar seu sistema bancário e ‘o compromisso de seus aliados europeus de fornecer apoio’ como um ‘passo concreto em direção à união financeira na zona do euro’.

Carney reiterou que a crise na região continua sendo um motivo de preocupação para os EUA, e que o presidente Barack Obama está ‘em contato permanente’ com os líderes europeus às vésperas da cúpula do G20 que acontecerá nos dias 18 e 19 de junho em Los Cabos (México).

Obama falou por telefone nos últimos dias com vários governantes europeus, entre eles o presidente francês, François Hollande, a chanceler alemã, Angela Merkel, e o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron.

Na sexta-feira, um dia antes do acordo do Eurogrupo para ajudar a sanear os bancos espanhóis, Obama reivindicou aos dirigentes europeus ‘ações claras, o mais rápido possível, para injetar capital nos bancos frágeis’, e afirmou que a curto prazo o principal desafio para a eurozona será ‘estabilizar seu sistema financeiro’. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade