Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Capitão do cruzeiro admite que estava no comando do navio na hora do acidente

Roma, 17 jan (EFE).- O capitão do cruzeiro Costa Concordia, Francesco Schettino, admitiu nesta terça-feira diante da juíza de instrução Valeria Montesarchio que estava no comando da embarcação no momento em que o barco colidiu contra as rochas em águas da ilha italiana de Giglio na sexta-feira à noite.

Nesta terça, o procurador Francesco Verusio concedeu entrevista coletiva em Grosseto (centro da Itália) para repassar informações sobre o interrogatório de Schettino, realizado na sede do tribunal da cidade italiana.

A Procuradoria de Grosseto solicitou a prisão cautelar de Schettino, enquanto a juíza decidiu adiar sua decisão sobre a confirmação da detenção do comandante e o pedido de medidas preventivas.

Verusio explicou que a reconstituição dos fatos feita por Schettino durante o interrogatório não modifica o quadro de acusações que pesam contra ele pelo naufrágio. A companhia proprietária da embarcação, Costa Cruzeiros, admitiu que houve ‘erro humano’ e que o capitão não respeitou o regulamento, aproximando-se até 150 metros da costa.

Schettino é acusado de homicídio culposo múltiplo (sem intenção de matar), naufrágio e abandono do navio, crimes pelos quais pode ser condenado a até 15 anos de prisão.

O depoimento do comandante à juíza coincide com a publicação pelo jornal ‘Corriere della Sera’ de uma conversa telefônica entre o capitão e um responsável da Capitania dos Portos, na qual é revelado que abandonou o navio antes de retirar todos os passageiros, como haviam apontado várias testemunhas do naufrágio.

‘Volte imediatamente a bordo, suba pela escada de segurança e coordene a evacuação. Você deve nos dizer quantas pessoas ainda há lá: crianças, mulheres, passageiros, o número exato de cada categoria’, solicitou um membro da Capitania dos Portos a Schettino.

Nesta terça-feira também foram localizados outros cinco corpos no navio. Até agora foram contabilizados 11 mortos no naufrágio. EFE