Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Capa da “Der Spiegel” com charge de Trump causa polêmica

A publicação alemã, uma das influentes do país, incluiu um editorial no qual acusa o presidente de "estabelecer uma democracia não liberal"

A revista alemã Der Spiegel recebeu neste sábado fortes críticas de outros veículos de imprensa pela manchete da última edição,  na qual aparece o presidente dos EUA, Donald Trump, segurando a cabeça decapitada da Estátua da Liberdade e um facão ensanguentado.

A publicação, considerada um dos veículos de imprensa mais influentes do país, inclui um editorial no qual acusa o presidente republicano de “estabelecer uma democracia não liberal” nos EUA.

O jornal popular Bild criticou a revista por comparar Trump com os islamitas do Estado Islâmico (EI) e o acusou de voltar a cair no “antiamericanismo” de ocasiões anteriores – e cita a presidência de George W. Bush.

Já o Frankfurter Allgemeine Zeitung  afirmou que a analogia do presidente americano e os jihadistas é simplista, além de alimentar as diferenças de Trump com os veículos de imprensa. “A manchete do ‘Der Spiegel’ é exatamente o que Trump necessita: uma imagem distorcida de si mesmo que pode utilizar para sua própria imagem distorcida dos veículos de imprensa”, publicou o jornal.

Para o Die Welt, a manchete “danifica o jornalismo” mais do que o presidente, já que “confirma os preconceitos de muita gente” de que “veículos de imprensa majoritários” não são neutros e que “muitos jornalistas preferem promover sua visão do mundo ao invés de serem testemunhas neutras do que ocorre”.

A manchete foi projetada por Edel Rodríguez, um cubano que chegou aos Estados Unidos como refugiado político em 1980. Rodríguez explicou em declarações ao jornal americano The Washington Post que o objetivo era tratar  Trump e os os islamitas do EI como “extremistas”

Com EFE

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Antonio Pedro

    Depois a imprensa reclama, falam em FAKE NEWS e PÓS VERDADE para atacar direitista sendo que eles é que são tudo isso que pregam!

    Curtir

  2. Aloisio Barros

    Pois é exatamente isso que acontecerá se esse maluco continuar cagando ordens na Casa Branca.

    Curtir

  3. Fico imaginado o que pode acontecer se um incidente militar envolver instalações americanas, com este boquirroto destemperado na Casa Branca.

    Curtir

  4. Eliane Moura

    A imprensa mundial não pode mais perder o que não tem, credibilidade. Puxaram o saco do Obanana durante 8 anos e agora tudo que Trump faz é errado.
    Continuem cavando a própria cova.

    Curtir

  5. Barreto De Almeida

    A esquerda é canalha e domina a imprensa mundial. Os Islâmicos estupram mulheres alemãs e praticam terrorismo em toda a Europa, mas o terrorista e Jihadista é Donald Trump.
    A capa da revista DER SPIEGEL só reforça a minha certeza de que Trump é a única pessoa capaz de libertar o planeta da desgraça chamada ESQUERDA e de suas bandeiras de ódio contra a família, os valores morais, o cristianismo e aos valores ocidentais… E claro, combater os queridinhos da esquerda: Estado Islâmico.

    Curtir

  6. Aloisio Barros

    Os que aqui acham que ser contra Trump é ser de esquerda, estão enganados. Ser contra Trump é ter no mínimo uma coisa chamada coerência. Coisa que ele e seus seguidores desconhecem.

    Curtir

  7. Roberto Toledo

    Mídia esquerdista que não sabe reconhecer a derrota !!!!!!!!

    Curtir

  8. André Morais

    Defensores de Trump em 3, 2, 1…

    Curtir

  9. Walter Cavalcante de Assis

    Muçulmanos estuprando as alemãs e Trump que é o radical. Fake News do caramba essa Der Spiegel.

    Curtir