Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cantora Christina Grimmie, ex-The Voice, morre após ser baleada na Flórida

Ela foi assassinada quando dava autógrafos na saída de um show por um homem, que depois se suicidou

A cantora Christina Grimmie, que ganhou fama como sensação do YouTube e participante do programa de TV americano The Voice, foi morta a tiros após um show em Orlando, informou a polícia neste sábado. As autoridades afirmaram que o agressor Kevin James Loibl, de 27 anos, portava duas pistolas e uma faca de caça.

Grimmie, 22 anos, estava distribuindo autógrafos aos fãs, juntamente com os membros da banda Before You Exit, após uma apresentação na sexta-feira na casa de shows Plaza Live, quando um homem armado se aproximou e abriu fogo pouco antes de 22h30, segundo informações da polícia.

A cantora foi levada para um hospital local em estado crítico e morreu em decorrência dos ferimentos na manhã deste sábado.

Segundo a polícia, o homem se matou com um tiro, depois que o irmão de Grimmie, Mark, investiu contra ele, evitando que outras pessoas fossem atingidas.

As motivações do agressor são desconhecidas, mas os investigadores do caso “revistam o celular e o computador do suspeito para ver se encontram um motivo para esse crime”, informou o chefe da Polícia de Orlando, John Mina.

“O sujeito deste caso não é de Orlando. Ele viajou até Orlando, aparentemente, para cometer o crime e planejava de imediato voltar ao lugar de onde vinha”, explicou Mina.

Além das armas, o jovem tinha dois carregadores cheios de balas, segundo o policial. Mina não deu o nome do agressor para não atrapalhar a investigação em curso. Ele também declarou que guardas desarmados revistaram os participantes do show, mas, por alguma razão, as armas do agressor passaram despercebidas.

“Não há detectores de metal. As pessoas não são revistadas. Abrem suas bolsas, e os guardas olham dentro para ver se há armas”, explicou. “Estamos falando de crianças. Não é o tipo de público que alguém esperaria que levasse armas a um evento com esse”, completou.

“Não sabemos se era apenas um fã louco que a seguia no Twitter, ou em outras redes sociais. Realmente não sabemos”, declarou a porta-voz da Polícia, Wanda Miglio, em entrevista coletiva.

“Christina era uma jovem artista talentosa, e sabemos que seus fãs e apoiadores querem tanta informação quanto for possível”, disse o comunicado da polícia.

Natural de New Jersey, Grimmie chamou a atenção pela primeira vez há vários anos em seus vídeos no YouTube com covers de músicas pop. Seu canal tem mais de 3,1 milhões de inscritos.

Em 2014, ela ficou em terceiro lugar no The Voice, uma competição de cantores da rede de TV NBC, com o vocalista do Maroon 5, Adam Levine, como seu treinador.

Kevin James Loibl, suspeito de assassinar a cantora Christina Grimmie Kevin James Loibl, suspeito de assassinar a cantora Christina Grimmie

Kevin James Loibl, suspeito de assassinar a cantora Christina Grimmie (/)

REPERCUSSÃO

O técnico Adam Levine postou uma foto com a cantora em sua conta no Instagram e disse que está “triste, chocado e confuso”. A cantora Demi Lovato também prestou sua homenagem dizendo que seus pensamentos estavam com a família e amigos de Christina.

Os fãs também prestaram homenagens à cantora nas mídias sociais usando a hashtag #RIPChristina.

“Não há palavras”, declarou o programa The Voice em um post no Twitter, na madrugada deste sábado. “Perdemos uma bela alma com uma voz incrível.”

(Com Reuters e AFP)