Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Candidato de oposição vence primeiro turno da eleição presidencial na Tunísia

Beji Caid Essebsi e o presidente interino Moncef Marzuki vão se enfrentar novamente em dezembro

Por Da Redação 25 nov 2014, 20h11

O candidato de oposição Beji Caid Essebsi venceu o primeiro turno da eleição presidencial tunisiana com 39,46% dos votos. Já o presidente Moncef Marzuki ficou com 33,43%. Os dois vão voltar a se enfrentar em um segundo turno em dezembro, anunciou a Instância Superior Independente para as Eleições (ISIE).

A escolha do primeiro presidente eleito da Tunísia marca a última etapa da transição do país norte-africano para a plena democracia na esteira da revolução de 2011, que depôs o veterano autocrata Zine el-Abidine Ben Ali. Esta foi a primeira vez que os tunisianos votaram livremente para presidente desde a independência da Tunísia em 1956.

Leia também:

Tunisiana vence concurso Miss Mundo Muçulmana 2014

Ex-funcionário da era Ben Ali, Essebsi, de 87 anos, apresentou-se como estadista experiente com capacidade para administrar a economia e a segurança tunisianas, desdenhando os críticos que temem a volta de figuras do antigo regime.

Já Marzuki, de 69 anos, é um ativista de direitos humanos dissidente do regime autocrático de Zine El Abidine Ben Ali, que deixou a Tunísia em 2011 após manifestações populares contra seu governo. Desde então, Marzouki tem atuado como presidente interino da Tunísia, após ter sido eleito por uma assembleia constituinte.

Entre os outros candidatos, o político de esquerda Hamma Hammami ficou em terceiro lugar, com 7,82% dos votos. O quarto colocado foi o empresário residente em Londres Hechmi Hamdi (5,75%) e o quinto o milionário Slim Riahi (5,55%).

(Com agências Reuters, France-Presse e Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade