Clique e assine com até 92% de desconto

Candidato à Presidência da Colômbia é detido por corrupção

Carlos Caicedo Omar foi detido por suspeita de envolvimento em irregularidades em licitações na cidade de Santa Marta, onde foi prefeito

Por EFE Atualizado em 28 nov 2017, 19h02 - Publicado em 28 nov 2017, 17h50

O candidato à Presidência da Colômbia Carlos Caicedo Omar foi detido durante uma operação que investiga irregularidades em licitações de obras na cidade de Santa Marta, da qual foi prefeito.

Caicedo foi detido no aeroporto do município quando se preparava para viajar a Bogotá para entregar ao Registro Nacional do Estado Civil, entidade que se encarrega trâmites eleitorais, os 2 milhões de assinaturas que aprovariam sua candidatura.

Também foi detido por ordem do Ministério Público da Colômbia o atual prefeito da cidade, Rafael Alejandro Martínez, que estava suspenso do cargo desde 10 de novembro pela sua suposta participação em políticas de favorecimento a Caicedo.

As detenções estão relacionadas a investigações sobre os papéis desempenhados por Caicedo e Martínez nos contratos de construção de postos de saúde em Santa Marta e de pavimentação de estradas. Horas antes, Martínez tinha dito à emissora Radio Galeón, de Santa Marta, que a prisão de Caicedo fazia parte de um “show midiático a serviço de interesses políticos” e que as autoridades também iriam atrás dele, como efetivamente ocorreu.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade