Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Candidato a deputado da esquerda é assassinado no sul do México

Por Da Redação 11 jun 2012, 16h01

México, 11 jun (EFE).- O político mexicano Margarito Genchi Casiano, candidato a deputado distrital pelo esquerdista Partido da Revolução Democrática (PRD), foi assassinado em sua própria casa nesta segunda-feira, informaram fontes oficiais do estado de Guerrero.

De acordo com as primeiras informações, o assassinato, que ocorreu às 9h (horário de Brasília), foi cometido por um grupo armado que chegou à residência do candidato do PRD na comunidade de Plano Largo, localizada no litoral de Chica Guerrerro.

O corpo de Genchi Casiano, que buscava uma cadeira no Congresso de Guerrero, já foi transferido ao balneário de Acapulco, onde está sendo passando por uma autópsia.

Até o momento, as autoridades desconhecem o motivo do crime registrado na reta final da campanha prévia ao pleito de 1º de julho, quando cerca de 79,5 milhões de mexicanos serão convocados às urnas para escolher mais de 2 mil cargos públicos.

Além da escolha do sucessor do presidente Felipe Calderón e de mais 628 legisladores federais, a próxima eleição no México também definirá os governadores e renovará os Congressos de vários estados do país.

Genchi Casiano foi prefeito do município de Florencio Villareal entre 2005 e 2008 e também líder do sindicato de trabalhadores da indústria refrigerantes e bebidas engarrafadas do estado de Guerrero.

Desde o início da campanha eleitoral, no dia 30 de março, a insegurança é um dos principais desafios do processo eleitoral no México, já que várias regiões do país sofrem com a violência dos cartéis de drogas que lutam pelo controle de territórios. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade