Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Candidata do Governo reconhece que deve ter perdido eleições no México

México, 1 jul (EFE).- A candidata do partido governante do México, Josefina Vázquez Mota, admitiu que a tendência de voto indica que perdeu as eleições presidenciais realizadas neste domingo.

‘Reconheço que as tendências até este momento não me favorecem’, afirmou Josefina, do conservador Partido Ação Nacional (PAN), em mensagem a seus partidários, acompanhada de outros dirigentes do grupo político.

De acordo com as pesquisas de boca de urna publicadas por vários meios de imprensa mexicanos, Josefina ficou em terceiro lugar nas eleições presidenciais, atrás de Enrique Peña Nieto, candidato do Partido Revolucionário Institucional (PRI) e do Partido Verde Ecologista do México (PVEM), e do esquerdista Andrés Manuel López Obrador, do Partido Revolucionário Democrático (PRD).

Na sede nacional do PAN nesta capital, Josefina disse que ‘este não é o fim de uma campanha, é o princípio de uma campanha cidadã, onde o PAN retomará suas convicções democráticas de liberdade e cidadãs’.

‘Hoje começa o tempo dos cidadãos’, afirmou.

Segundo a candidata governista, o partido ganhador que finalmente for anunciado pelas autoridades eleitorais ‘terá a oportunidade e a grande responsabilidade de agir e de cumprir suas promessas e compromissos’.

‘Meu partido atuará responsavelmente e todos nós vigiaremos para que cumpram e que assim aconteça’, continuou a candidata perante centenas de seguidores que a saudavam.

Josefina acrescentou que ficará vigilante para que ‘as reformas estruturais que o país requer se cristalizem e para impedir o retorno do autoritarismo, do império da corrupção, da impunidade e da rendição frente ao crime organizado’. EFE