Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Canadá simplifica anistia a presos por porte de maconha

País recentemente legalizou o uso da erva para fins recreativos

Por Da Redação 2 ago 2019, 02h04

Após a legalização da maconha para uso recreativo no Canadá, o governo federal anunciou nesta quinta-feira 1º a entrada em vigor de uma lei que simplifica a obtenção de anistia para quem já foi condenado por simples posse desta droga.

As solicitações de anistia ou suspensão de casos judiciais agora são gratuitas e podem ser feitas na internet usando um formulário on-line. Além disso, o tratamento dos casos será acelerado, anunciou o ministro da Justiça canadense, David Lametti.

  • Uma solicitação de anistia custava 631 dólares canadenses (cerca de 1.800 reais) e levava entre cinco e dez anos para ser analisada. Agora a anistia poderá cobrir 250 mil pessoas, explicou Lametti.

    A medida particularmente beneficia “as comunidades marginalizadas”, disse o ministro, uma vez que a lei antiga “teve um impacto desproporcional sobre elas no passado” e muitas vezes as impediu de ter um emprego ou de encontrar um lar.

    Os estrangeiros condenados no Canadá também podem optar pela anistia.

    (Com AFP)

    Continua após a publicidade
    Publicidade