Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Campanha de Obama aposta em novo slogan: ‘adiante’

Bordão aparece em vídeo de sete minutos lançado no Youtube

Por Da Redação 30 abr 2012, 16h20

A equipe de campanha do presidente americano, Barack Obama, lançou nesta segunda-feira um novo slogan, “Forward” (adiante, numa tradução livre), na conclusão de um vídeo que exalta suas ações de governo. A peça de campanha, com pouco mais que sete minutos, foi publicada no Youtube na semana em que o presidente participa de suas primeiras reuniões sobre as eleições presidenciais de 6 de novembro.

Leia também:

Leia também: Morte de Bin Laden é argumento em campanha de Obama

Ao contrário do que se poderia imaginar, o vídeo faz apenas uma breve referência ao seu possível rival na disputa, o republicano Mitt Romney, e lança críticas ao presidente da Câmara de Deputados, John Boehner, e ao chefe da minoria republicana no Senado, Mitch McConnell, assim como aos analistas conservadores Glenn Beck, Rush Limbaugh e Sean Hannity.

A equipe de Obama, que tinha recorrido em 2008 aos bordões “Esperança” e “Mudança”, “Podemos acreditar na mudança” e “Sim, nós podemos”, parecia ter problemas, até agora, para encontrar um termo tão impactante nestas eleições.

Continua após a publicidade

Acusações – “Adiante” reflete as acusações de Obama a seus adversários republicanos de querer “voltar atrás”, adotando políticas orçamentárias e fiscais similares às apoiadas pelo presidente George W. Bush.

O vídeo relembra os aspectos que os estrategistas consideram mais “encorajadores” do governo Obama, como as ações para resgatar a indústria automobilística americana, a retirada de tropas do Iraque, a tentativa de reforma do sistema de saúde e a regulamentação sobre a atividade financeira de Wall Street. Também destaca, previsivelmente, a morte do ex-líder da Al Qaeda, Osama bin Laden.

Críticas – No entanto, a campanha mostra somente por alto os dados que incomodam e servem de argumento para Romney: um desemprego ainda elevado, uma dívida sem precedentes e déficits orçamentários anuais superiores a um trilhão de dólares desde o começo da presidência de Obama.

O Partido Republicano acusou nesta segunda-feira Obama de mostrar “uma promessa de felicidade futura baseada em políticas que hoje fracassam”. Obama participará sábado de duas grandes reuniões de campanha, em estados importantes para sua reeleição: Ohio (centro) e Virgínia (leste).

Assista ao vídeo:

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade