Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Caminhão invade feira natalina e atropela dezenas em Berlim

A rede americana CNN fala em nove mortos e ao menos 50 feridos

Um caminhão invadiu a área de uma feira natalina em Berlim no início da noite desta segunda-feira (horário local), e atropelou diversos frequentadores do local. A polícia alemã descreveu o incidente como “grave”, deixando ao menos nove mortos e 50 feridos.

Autoridades acreditam que o motorista jogou propositalmente o caminhão sobre as barracas na praça Breitscheidplatz, na avenida Kurfuerstendamm, onde está localizada a igreja Kaiser Wilhelm, parcialmente destruída na Segunda Guerra Mundial e mantida como ruína até hoje.

O homem que estava no banco de passageiro do veículo foi morto no local. A polícia de Berlim prendeu um suspeito de ser o motorista.

Testemunhas afirmam que o caminhão não reduziu a velocidade, de aproximadamente 60 km/h, ao se aproximar da multidão.

Tentativa de atentado

Na semana passada, a revista alemã Focus relatou que um menino iraquiano-alemão de 12 anos, suspeito de ligações com o Estado Islâmico, tentou explodir uma bomba em um mercado de Natal na cidade de Ludwigshafen. A publicação citava fontes de segurança e do Judiciário.

O menino, nascido própria cidade, era “fortemente radicalizado” e aparentemente instruído por um membro desconhecido do Estado Islâmico. Segundo a revista, ele foi levado para um centro de detenção juvenil.

Nice

Em 14 de julho, um caminhão invadiu a celebração do Dia da Bastilha na principal avenida de Nice, no sul da França, e matou 86 pessoas que assistiam à queima de fogos. O Estado Islâmico reivindicou a autoria do atentado e confirmou que o condutor do veículo, Mohamed Lahouaiej Bouhlel, era um de seus integrantes.

Bouhlel era francês de origem tunisiana, trabalhava como entregador e tinha passagens pela polícia por casos de violência a mão armada, mas não era fichado pelos serviços secretos por terrorismo ou radicalismo. O terrorista foi morto pela polícia francesa no local do ataque após uma troca de tiros.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. sebastiao ferreira cantarino

    A europa criou e continua a criar serpentes. Esta onda de refugiados islamicos que está assolando a europa, vai dar grandes dores de cabeça em um futuro bem proximo. Alá? Ala a quantidade de terroristas que estão por vir, isso sim!

    Curtir

  2. Carlos Marques

    Segundo o Le Monde (gostaram?), o “caminhão assassino” estava com faróis apagados, e foi pra cima da multidão. Esta clara a intenção assassina dos assassinos – que planejaram, organizaram e levaram a cabo esta ação?

    Curtir

  3. Os governos europeus ainda não sabem evitar esses atentados, são bastante fracos. Enquanto isso deixam o islam entrar com os tais refugiados do mundo árabe. A chanceler Merkel muito ingenuamente até convidou esse pessoal para a Alemanha. Agora está recebendo a conta de tanta estupidez.

    Curtir

  4. Carlos Marques

    O assassino de Nice, o tunisiano Mohamed Bouhel, matou 84 pessoas, sendo 10 criança e adolescentes, USANDO um caminhão. Esta claro?

    Curtir

  5. Antonio Pedro

    É os alemãos pagando com a vida a irresponsabilidade de seus políticos! Angela Merkel não se reelege se essa onda continuar! Falta de aviso é que não foi, e suspeito que eles estam escondendo algo, pois tem mais coisas nessa história!

    Curtir

  6. José Vicente de Andrade sousa

    É inacreditável o acobertamento que a mídia corporativa dá aos terroristas islâmicos.
    Não falam que foi atentado terrorista nem dizém o número de pessoas assassinadas.
    Também, depois que o conselho europeu determinou à mídia que nada noticiasse quando o atentado
    fosse terrorista, vê-se claramente que se trata de preservar a imagem dos terroristas, de
    leniência com esse canalhas assassinos.

    Curtir

  7. José Vicente de Andrade sousa

    À medida que o tempo passa, fica patente quem é um dos grandes inimigo do povo. Ele tem, descaradamente, tirado a sua própria máscara com esse tipo de notícias. Esse grande inimigo é a mídia corporativa. Regada a grandes somas para mentir, encobrir e desinformar a sociedade a cerca do império
    do maligno que assola as nações.

    Curtir

  8. Carlos Marques

    O crime dos alemães? O mesmo dos franceses, americanos, espanhois, belgas….serem cristãos, democratas, nao escravizarem suas mulheres e nao louvarem o Profeta Maomé…

    Curtir

  9. Carlos Marques

    Serem, enfim, “cães infieis” no linguajar islâmico.

    Curtir