Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cameron vai aos EUA discutir Afeganistão, Síria e programa nuclear iraniano

Londres, 12 mar (EFE).- O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, iniciará na terça-feira uma visita oficial de dois dias aos Estados Unidos, onde se reunirá com o presidente americano, Barack Obama, para tratar de assuntos como o Afeganistão, Síria e as crescentes tensões com o Irã, confirmou nesta segunda seu escritório oficial, o Downing Street.

Para Cameron, que pela primeira vez em uma viagem oficial ao exterior estará acompanhado de sua esposa Samantha, a visita é uma oportunidade para fortalecer os históricos laços entre os dois países e sua relação pessoal com Obama, que afirmou que o tem entre os chefes de Governo aos quais considera ‘amigos’.

A questão central da agenda está reservada para quarta-feira, quando ambos os líderes se encontrarão na Casa Branca para analisar a situação do Afeganistão, onde seus países são aliados na missão da Otan, e da Síria, país onde, ao contrário da Líbia, a comunidade internacional não fez intervenções.

Segundo os dois governos, também será debatido o conflito com o Irã por seu programa nuclear – que Londres e Washington suspeitam ter fins militares -, entre crescentes tensões na região pela ameaça de Israel de lançar um ataque militar preventivo.

Nessa reunião, que examinará ainda a evolução da economia global e da zona do euro, assim como as cúpulas do Grupo dos Oito (G8, EUA, Canadá, Japão, Alemanha, Reino Unido, Itália e França, mais a Rússia) e da Otan, previstas para maio nos EUA, Cameron estará acompanhado de seus ministros de Economia, George Osborne, e das Relações Exteriores, William Hague, conforme indicou o governo britânico em comunicado.

Mas a visita de David Cameron e Samantha aos Estados Unidos também terá momentos reservados para a diversão e, de acordo com a Casa Branca, o primeiro-ministro e Obama assistirão juntos a um jogo de basquete da liga universitária em Dayton (Ohio) na terça-feira, dia de sua chegada ao país.

Cameron embarcará na terça-feira com Obama no avião presidencial Air Force One para assistir a esse jogo da primeira rodada da NCAA na Universidade de Dayton, uma viagem – a primeira de um chefe de governo estrangeiro no Air Force One – que contribuirá para estreitar a relação pessoal entre ambos, destacou o Executivo americano.

Já a primeira-dama dos EUA, Michelle Obama, e Samantha Cameron participarão de um evento olímpico com crianças das escolas da região de Washington.

Na quarta-feira, após uma cerimônia de boas-vindas oficial nos jardins da Casa Branca, o primeiro-ministro e seu anfitrião se reunirão para debater os temas políticos. Em seguida, Cameron e sua esposa, Osborne e Hague participarão de um almoço organizado pelo vice-presidente americano, Joseph Biden, e a secretária de Estado, Hillary Clinton.

À tarde, o primeiro-ministro e Samantha realizarão uma visita pessoal a crianças da cidade de Washington antes de participarem de um banquete de Estado na Casa Branca.

Na quinta-feira, o casal se dirigirá a Nova Jersey para participar de vários atos em Newark e Nova York, ‘com o objetivo de continuar estreitando os vínculos entre o Reino Unido e os Estados Unidos’, acrescentou Downing Street.

Durante seus encontros anteriores, Obama e Cameron se esforçaram em mostrar uma relação de camaradagem que na reunião do Grupo dos Vinte (G20, que reúne os países ricos e os principais emergentes) no Canadá em 2010 se estendeu a compartilhar cervejas escolhidas especialmente para a ocasião.

Na visita de Estado do presidente americano e sua família a Londres em maio de 2011, quando os Obama foram recebidos pela rainha Elizabeth II no Palácio de Buckingham, os dois líderes se desafiaram em um jogo de pingue-pongue durante uma visita a uma escola da capital britânica. EFE