Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Câmera de emissora libanesa morre por disparos na fronteira com a Síria

Por Da Redação - 9 abr 2012, 11h22

Beirute, 9 abr (EFE).- Um câmera de televisão libanês morreu nesta segunda-feira na região de Wadi Khaled, que faz fronteira com a Síria, por disparos procedentes do lado sírio, informaram à Agência Efe fontes militares libanesas.

A vítima, identificada como Ali Chabaan, de 31 anos, trabalhava para o canal ‘Al Yedid’, e no momento dos disparos estava com outros dois jornalistas, que saíram ilesos.

Um deles, Hussein Jreis, explicou à emissora ‘Al Yedid’ que soldados sírios dispararam contra seu veículo quando circulavam por Wadi Khaled, onde se refugiaram milhares de sírios fugindo da violência em seu país. EFE

Publicidade