Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Câmara dos Deputados do Haiti derruba primeiro-ministro Céant

Premiê é acusado de não adotar medidas para melhorar as condições de vida dos haitianos em seis meses de governo

A Câmara dos Deputados do Haiti votou, nesta segunda-feira, 18, uma moção de censura contra primeiro-ministro Jean-Henry Céant, que deixará o governo. O político haitiano se mostrava enfraquecido pelos recentes protestos violentos contra as condições de vida e os escândalos de corrupção que envolvem o governo e a Petrocaribe.

“Outro primeiro-ministro vai ser designado em consulta entre o chefe de Estado e os presidentes das duas casas do Parlamento”, anunciou o deputado Gary Bodeau, presidente da Câmara, após a votação.

Dos 103 deputados que participaram da sessão, 93 votaram a favor da saída de Céant e de seu gabinete. Seis votaram contra, e três se abstiveram. Os parlamentares criticam o primeiro-ministro por não tomar medidas para melhorar as condições de vida da população, seis meses após ter assumido o cargo.

Durante seu curto mandato, Céant teve que enfrentar manifestações violentas. Em fevereiro, milhares de pessoas foram às ruas em todo o país para pedir a renúncia do presidente haitiano, Jovenel Moise.  Durante 11 dias, todas as atividades ficaram paradas em Porto Príncipe e na maioria das grandes cidades do país.