Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Caixa-preta do avião que caiu nos Alpes franceses é encontrada

Equipamento será examinado imediatamente, afirmou ministro do Interior da França

Uma das caixas-pretas do avião da Germanwings que caiu nos Alpes franceses foi encontrada, informou o ministro do Interior da França, Bernard Cazeneuve.

“Uma caixa-preta que nós encontramos poucas horas após a queda será examinada imediatamente para ajudar a investigação a avançar rapidamente”, disse o ministro. O dispositivo será enviado à agência francesa de investigação de acidentes aeronáuticos, a BEA, encarregada de apurar as causas do acidente.

“As medidas foram tomadas para garantir a segurança para que a investigação possa ser feita nas melhores condições. A prefeitura e as autoridades do governo estão mobilizados para receber as famílias que quiserem ir ao local”, acrescentou Cazeneuve.

Leia também:

Resgate dos corpos entre escombros do avião demorará dias

Airbus A320 já sofreu muitos acidentes

Obama oferece assistência a países

O acidente – O Airbus A320 levava 144 passageiros e seis tripulantes no voo 4U 9525, entre Barcelona, na Espanha, e Dusseldorf, na Alemanha. Por volta das 10h30 (horário local), a aeronave desapareceu dos radares de monitoramento. O avião caiu em uma área montanhosa, na região dos Alpes de Haute Provence.

A companhia Germanwings afirmou que não houve problemas com o avião antes da decolagem. “Não houve nenhuma anormalidade na aeronave”, disse o gerente da Lufthansa Thomas Winkelmann.

Ele afirmou a jornalistas que a Airbus entregou o avião à empresa em 1991. Desde então, o equipamento foi usado exclusivamente em voos da empresa alemã, sendo transferido para a frota da Germanwings no ano passado. Isso torna a aeronave mais antiga do que o tempo médio de uso da frota da Lufthansa, de mais de 600 aviões, que é de onze anos e meio, informou a agência de notícias Reuters.

(Da redação)