Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Cadeirante é preso acusado de abusar de crianças em Orlando (EUA)

Caso revolta americanos. David Michael Gray, de 35 anos, responderá por sete crimes

Por Da redação Atualizado em 7 out 2017, 16h28 - Publicado em 7 out 2017, 16h20

A polícia de Orlando afirmou neste sábado que prendeu um cadeirante acusado de abusar de crianças no banheiro de uma rede de fast food chamada Chick-fil-A. Segundo a polícia, David Michael Gray, de 35 anos, responderá por sete crimes, entre eles abuso infantil e exposição de órgãos sexuais.

De acordo com informações do Orlando Sentinel, site local, uma testemunha contou à polícia que percebeu que algo estava errado quando entrou no banheiro e viu Gray com uma criança de dois anos em uma cabine no banheiro. Ao perceber a presença da testemunha, Gray teria pegado uma arma de choque e a ameaçado. A testemunha, então, gritou para alguém chamar a polícia.

Um funcionário do estabelecimento informou que o cadeirante já havia comparecido ao local com crianças pequenas outras vezes e, inclusive, havia levado esta mesma criança ao banheiro em ocasiões anteriores. Ainda não está claro para a polícia como o homem tinha acesso às crianças, mas, segundo o Orlando Sentinel, uma mulher que não foi identificada informou a polícia que o homem trabalhava como cuidador.

Continua após a publicidade
Publicidade