Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Caça iraquiano falha e bombardeia bairro civil em Bagdá

Por Da Redação 6 jul 2015, 09h03

Um avião de combate do Exército iraquiano bombardeou por engano nesta segunda-feira a zona leste de Bagdá por um “problema técnico” e matou pelo menos sete pessoas. “Uma das bombas que estava presa na aeronave caiu quando o avião retornava para a base”, informou o porta-voz das forças de segurança, o general de brigada Saad Maan.

O caça de fabricação russa Sukhoi retornava à base depois de executar um bombardeio contra jihadistas do Estado Islâmico (EI) quando aconteceu o acidente, afirmou Maan. As autoridades informaram que a explosão, que aconteceu perto da base aérea de Rasheed, também deixou ao menos onze feridos.

Leia também

Coalizão liderada pelos EUA ataca reduto do EI na Síria

Tesouros arqueológicos de áreas controladas pelo EI são vendidos em Londres

Ataque aéreo dos EUA mata o ‘emir dos homens-bombas’ do EI

O Iraque recebeu 25 aviões Sukhoi Su-25 da Rússia e do Irã no ano passado, com o objetivo de ajudar as forças de combate do país nas ações contra o grupo Estado Islâmico, que controla amplas faixas de território do país. A frota iraquiana é antiga e já foi muito utilizada na batalha contra os jihadistas. O governo dos Estados Unidos aprovou uma venda de 36 caças F-16 ao Iraque, mas as aeronaves ainda não foram entregues.

(Da redação)

Continua após a publicidade

Publicidade