Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cabeças humanas são encontradas em porto de Acapulco

Descoberta macabra se deu em frente a escola. Região é uma das mais afetadas pela violência que é derivada do tráfico de drogas e de operações de segurança

Cinco cabeças humanas em estado de decomposição foram encontradas, esta terça-feira, em frente a uma escola de nível fundamental do porto mexicano de Acapulco (sul), informou uma fonte da polícia. A descoberta macabra se deu sob os olhares dos estudantes e de pedestres que circulavam pelo local. Soldados e policiais isolaram a área e recolheram os restos mortais.

“Na altura da escola de nível básico Benito Juárez, da cidade de Acapulco, foi encontrada uma caixa de madeira e sobre ela, uma saco de cor branca, que continha em seu interior cinco cabeças humanas decepadas”, disse um policial, sob a condição de ter a identidade preservada.

Na segunda-feira, no mesmo porto – um dos destinos turísticos mais importantes do México -, a polícia encontrou cinco cadáveres sem cabeça: três no interior de uma caminhonete, totalmente carbonizados, e outros dois fora do carro. Suspeita-se que possam se tratar das mesmas pessoas cujas cabeças foram encontradas nesta terça, acrescentou a fonte.

Localizado 300 quilômetros a sudoeste da capital mexicana, Acapulco é um dos locais mais afetados pela violência derivada do tráfico de drogas e de operações de segurança, que deixaram no México mais de 41.000 mortos desde dezembro de 2006, quando o governo lançou uma operação antidrogas com mais de 50.000 militares.

Leia também:

Leia também: Cartéis do tráfico espalham morte pelo México