Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bustos de Trump servem de mictório para cães no Brooklyn

O artista plástico Phil Gables incluiu a placa "urine em mim" no pé da estátua; iniciativa se soma ao 'Baby Trump' e 'O Imperador Não Tem Bolas'

Os donos de cães do Brooklyn, em Nova York, dispõem de pontos especialmente dedicados à manifestação de sua aversão ao governante dos Estados Unidos no momento em que levam seus bichos para passear. Graças ao artista plástico Phil Gables, o bairro conta agora com múltiplas mini-estátuas de Donald Trump instaladas para servir de mictório para os caninos — e talvez também para humanos.

“Urine em mim”, diz uma placa no suporte do busto presidencial, em bronze. “Cortesia de Porcupine Armadillo”, está mencionado logo abaixo, em referência ao estúdio de Gables.

“Eu sempre amei o humor político”, declarou Gable. “As pessoas precisam dar umas boas gargalhadas só para poderem enfrentar o dia”, completou para a rede de televisão NBC, referindo-se aos momentos proporcionados pelo governo de Donald Trump.

Veja também

Gable comentou, satisfeito, que uma mulher com seus dois filhos vieram a ele dizer “obrigado” quando estava instalando uma das estátuas. Ela mencionou que iniciativas como essa a fazia amar ainda mais o bairro. Embora a maioria dos moradores tenha achado graça, alguns consideraram as estátuas ofensivas.

A estátua nua do presidente dos EUA, Donald Trump, intitulada “O imperador não tem bolas” é exposta em Nova York – 18/08/2016

A estátua nua do presidente dos EUA, Donald Trump, intitulada “O imperador não tem bolas” é exposta em Nova York – 18/08/2016 (Spencer Platt/Getty Images)

“Alguns democratas se ofenderam, porque eles acharam as estátuas desagradáveis, e alguns apoiadores de Trump se sentiram ofendidos, porque pensam que é desrespeitoso”, afirmou, para em seguida lembrar que cada um tem direito a ter sua opinião. “Mas quando você vê o que Donald Trump tem dito e feito e vê o quão mesquinho ele é, eu penso que este projeto é muito descontraído, comparativamente”

Gable não revela quantos bustos de Trump estão expostos por todo o bairro do Brooklyn. Algumas estátuas ficam em um local por algumas horas e são removidas para outros.

Manifestantes pilotam um boneco inflável retratando o presidente dos Estados Unidos, na Praça do Parlamento, durante a visita de Donald Trump e da primeira-dama, Melania, a Londres, Inglaterra – 13/07/2018

Manifestantes pilotam um boneco inflável retratando o presidente dos Estados Unidos, na Praça do Parlamento, durante a visita de Donald Trump e da primeira-dama, Melania, a Londres, Inglaterra – 13/07/2018 (Peter Nicholls/Reuters)

Esta não é a primeira iniciativa de expor Trump de forma em uma posição ultrajante. Na época da eleição de 2016, a imagem do atual presidente dos Estados Unidos nu foi replicada e exposta em lugares públicos de Nova York, Seattle, Cleveland, San Francisco e Los Angeles.

Intituladas “O Imperador Não Tem Bolas”, as esculturas foram criadas pelo coletivo Indecline. Uma delas foi leiloada na Califórnia a um preço mínimo de 30 mil dólares.

Durante sua visita oficial ao Reino Unido, em julho passado, Trump deparou-se com um balão gigante inflado ao lado do Parlamento. O “Baby Trump” — uma versão bebê nervoso do presidente dos estados Unidos — foi um marco dos protestos, em Londres, contra sua presença no país.