Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Breaking Bad’ chinês: professor que fabricava drogas é preso em laboratório

Identificado como Zhang , ele ensinava química e vendia drogas sintéticas como Walter White, o personagem da série de TV. Segundo as autoridades locais, ele faturou 'milhões de dólares'

Uma história familiar para os fãs de Breaking Bad aconteceu em Wuhan, na China: um professor de química foi preso por fabricar e vender drogas sintéticas. A notícia foi divulgada nesta terça-feira pela agência de notícias chinesa Xinhua.

LEIA TAMBÉM:

Don Draper, Tony Soprano e Walter White: qual é o melhor?

Fã que ganhou concurso da série ‘Breaking Bad’ é preso por vender drogas

Segundo a agência de notícias, o professor de química identificado apenas como Zhang abriu uma empresa de produtos químicos em 2005 e usava o laboratório da companhia para fabricar drogas como cristais de MDMA, princípio ativo do ecstasy.

No mês passado, a polícia invadiu o laboratório de Zhang. Outras sete pessoas foram presas e vinte quilos de ecstasy foram apreendidos. A polícia afirmou que o professor recrutava pessoas para ajudá-lo a produzir “centenas de quilos” de drogas para vendê-las pela internet para países como Inglaterra, Canadá, Estados Unidos e Austrália. Segundo a polícia, o professor enviou pelo menos 193 quilos de ecstasy no ano passado só para a Austrália.

O relatório divulgado pela polícia afirma que o professor ganhou “milhões de dólares” com as vendas. O documento não identifica a universidade em que o professor leciona, apenas a descreve como uma instituição “famosa” e que se localiza no centro da cidade de Wuhan.

(Da redação)