Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasileiros protestam em consulados paraguaios contra destituição de Lugo

São Paulo, 25 jun (EFE).- Grupos de manifestantes protestaram nesta segunda-feira em frente aos consulados do Paraguai em São Paulo e no Rio de Janeiro contra a destituição de Fernando Lugo da Presidência do país vizinho.

Cerca de 100 pessoas ligadas a movimentos sociais, sindicatos e partidos de esquerda se concentraram em frente ao consulado de São Paulo com as bandeiras do Paraguai e do Brasil para pedir a restituição imediata de Lugo ao poder.

‘É necessário que os governos, os movimentos sindicais e sociais, além das forças políticas democráticas paraguaias, brasileiras e sul-americanas, se mobilizem’, assinalou a Força Sindical em comunicado.

Lugo sofreu um processo de impeachment na sexta-feira passada, quando o Senado paraguaio o considerou ‘culpado’ pelo mau desempenho de suas funções, devido à violência dos confrontos entre policiais e sem-terras que provocou pelo menos 17 mortes.

No Rio de Janeiro, cerca de 40 pessoas, também com bandeiras e cartazes a favor de Lugo, se manifestaram em frente ao consulado paraguaio, na Praia de Botafogo, zona sul da cidade.

‘Força irmãos. América Latina unida sempre’ e ‘Basta de golpes na América Latina’ foram algumas das mensagens exibidas nos cartazes dos manifestantes, cujo protesto foi pacífica e vigiado de perto pela polícia.

O ex-bispo católico foi substituído pelo vice-presidente paraguaio, Federico Franco, não reconhecido pelos governos da Argentina, Equador, Bolívia e Venezuela por considerarem que chegou à Presidência mediante um ‘golpe de Estado’.

O governo brasileiro, por sua vez, condenou no sábado a destituição de Lugo e chamou para consultas seu embaixador em Assunção, além de anunciar que avalia junto com seus parceiros do Mercosul e da Unasul as medidas para enfrentar o que chamou de ‘ruptura da ordem democrática’ no país vizinho. EFE