Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasileiro é condenado à prisão perpétua por matar a família na Espanha

Patrick Nogueira aguardava a sentença depois de ser julgado culpado por assassinar seus tios e primos

A Justiça da Espanha condenou o brasileiro Patrick Nogueira, que confessou ter assassinado os tios e dois primos, à prisão perpétua. O crime aconteceu em 2016, na cidade de Pioz, em Guadalajara. O réu poderá pedir a revisão da pena daqui a 25 anos.

Nogueira, de 22 anos, escutou a sentença da prisão, por videoconferência. Ele recebeu três condenações de prisão perpétua por matar e esquartejar o tio Marcos Campos Nogueira e os primos, de 1 e 4 anos. Pelo assassinato da tia Janaína Américo, Nogueira foi condenado a 25 anos de reclusão.

A sentença também inclui uma indenização para a família dos mortos: 120.000 euros para os pais dos tios assassinados, 18.000 euros para cada um dos irmãos e 24.000 para a filha caçula de Janaína.

Patrick Nogueira está preso desde setembro de 2016, quando aceitou retornar voluntariamente à Espanha após fugir para o Brasil. O condenado admitiu a autoria dos crimes, mas tentou atenuar a pena alegando doenças mentais.

No início de novembro, ele foi considerado considerado culpado por um júri popular, mas a pena ainda não tinha sido estabelecida.