Clique e assine a partir de 9,90/mês

Brasil reitera disposição a colaborar para libertação de reféns das Farc

Por Da Redação - 13 fev 2012, 19h39

Brasília, 13 fev (EFE).- O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, disse nesta segunda-feira que o Brasil se mantém disposto a colaborar com novas libertações de reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), mas não confirmou se recebeu um pedido oficial de Bogotá.

Patriota declarou em entrevista coletiva que o governo brasileiro valoriza muito o trabalho do presidente colombiano, Juan Manuel Santos, lembrou que Brasília já prestou apoio no passado para o resgate de reféns e, por isso, ‘não excluímos a hipótese de voltar a colaborar’.

O chanceler respondeu assim a perguntas dos jornalistas sobre se o Brasil recebeu um pedido de colaboração do governo colombiano, sobretudo depois de Santos ter anunciado neste domingo, pelo microblog Twitter, que tinha autorizado a participação brasileira em uma nova operação de resgate.

Patriota indicou que, ‘pela própria natureza de uma operação humanitária’, preferia não comentar a situação, mas fontes do Itamaraty confirmaram à imprensa que o Brasil ainda não recebeu nenhum pedido formal da Colômbia.

Continua após a publicidade

O Brasil já prestou apoio logístico às operações humanitárias destinadas a resgatar reféns das Farc. EFE

Publicidade