Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil, Índia e África do Sul pedem ‘moderação’ a Assad

Na véspera, ditador admitiu que suas forças de segurança cometeram erros

Brasil, Índia e África do Sul pediram ao presidente sírio Bashar Assad que tenha moderação e respeito dos direitos humanos em meio aos protestos, diz um comunicado do grupo, divulgado nesta quinta-feira pelo ministério indiano das Relações Exteriores. Na quarta-feira, Assad admitiu que suas forças de segurança cometeram “alguns erros” durante reunião com uma delegação do Conselho de Segurança da ONU – integrada pelas três democracias emergentes (o grupo IBAS).

Representantes do Brasil, Índia e África do Sul pedem o fim imediato de todas as formas de violências e exigem que todas as partes atuem com a máxima moderação e respeito dos direitos humanos e das regras internacionais, afirma o comunicado. Na véspera, Assad disse que tem um “compromisso com o processo de reformas, destinado a conduzir a uma democracia multipartidária”.

Os três países emergentes estão entre os integrantes não permanentes do Conselho de Segurança, formado por 15 membros, que tinham se oposto à proposta das potências europeias de que o órgão condenasse expressamente o exercício da violência pelo governo. Já o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, reafirmou na quarta-feira que acredita que a Síria estaria melhor sem Assad e prometeu manter a pressão sobre o ditador.

(Com agência France-Presse)