Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Bombeiros começam a controlar incêndio no Arizona

Maior acidente do tipo na história do Arizona já destruiu mais de 156.000 hectares de floresta e obrigou o deslocamento de milhares de pessoas

Por Da Redação 10 jun 2011, 16h23

Os bombeiros começaram a controlar o maior incêndio florestal da história do Arizona, nos Estados Unidos, informaram nesta sexta-feira as autoridades locais. O Departamento de Transporte do Arizona afirmou que o fogo interrompeu o tráfego em cerca de 320 quilômetros de estradas no leste do Estado, destruiu mais de 156.000 hectares e obrigou o deslocamento de milhares de pessoas.

Nas últimas horas, as condições meteorológicas começaram a ajudar o trabalho de centenas de bombeiros e soldados da Guarda Nacional, especialmente depois que os ventos diminuíram. Dias antes, foram registrados ventos de até 55 km/h que, combinados com a baixa umidade ambiental, aumentaram as chamas. Na quinta-feira, quando a velocidade dos ventos diminuiu para menos de 40 km/h, as equipes de bombeiros, soldados e voluntários continuaram abrindo linhas de contenção ao incêndio e, na manhã desta sexta-feira, conseguiram pela primeira vez controlar 5% do fogo.

Os ventos mais suaves também permitiram que as autoridades utilizassem um avião DC-10, equipado especialmente para descarregar em cada voo até 45,5 mil litros de compostos químicos que diminuem as chamas. O fogo destruiu ou danificou dezenas de infraestruturas públicas e casas e obrigou cerca de 5.000 pessoas a abandonar suas casas, embora muitos já tenham retornado às suas residências.

O porta-voz de emergências do Arizona, Joe Reinarz, disse que cerca de 300 pessoas que estão abrigadas no auditório de uma escola em Blue Ridge, em Lakeside, poderão retornar a suas casas no sábado. Já os moradores das regiões de Alpine e Nutriso devem poder voltar a suas residências em quatro ou cinco dias.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade