Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bombardeio mata casal e seus cinco filhos na Síria

O ataque aéreo ocorreu no nordeste da província síria de Alepo nesta sexta-feira

Todos os membros de uma família – um casal e seus cinco filhos menores de idade – morreram durante um bombardeio de aviões não identificados na Síria nesta sexta-feira. O ataque ocorreu na região de Al Arima, no nordeste da província síria de Alepo, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Ainda não se sabe se os aparelhos eram russos ou turcos, informou a ONG.

Arima está sob o controle do Conselho Militar de Manbij e sua Periferia, vinculado às Forças da Síria Democrática (FSD), uma coalizão armada liderada pelas milícias curdas.

O povoado fica a 20 quilômetros ao leste da cidade de Al Bab, controlada pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI) e que é alvo da ofensiva “Escudo do Eufrates”, realizada por rebeldes sírios, apoiados por carros de combate e pela aviação turca, contra os jihadistas e as FSD.

Pelas imediações de Al Bab também avançaram na última semana soldados do ditador Bashar Assad, que contam com o apoio da força aérea da Rússia.

O coronel opositor Ahmad Ozman, comandante da Brigada Sultan Murad, uma das facções sírias que participam da operação “Escudo do Eufrates”, não confirmou o bombardeio, mas afirmou à agência de notícias EFE que suas forças arrebataram nas últimas horas do EI o povoado de Muqri e um monte em suas imediações, ao sudeste de Al Bab.

O coronel Ozman disse que atualmente acontecem combates entre os grupos insurgentes sírios e o EI em áreas do leste dessa cidade.

O dirigente da Brigada Sultan Murad, integrada sobretudo por milicianos turcomanos, afirmou que não há nenhuma coordenação ou contatos entre suas forças ou Turquia com os soldados governamentais sírios que chegaram nos arredores de Al Bab. No entanto, não foram registrados combates até o momento entre ambas as partes, acrescentou.

(Com EFE)